quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Vô saudades pra sempre...

"Não sei por que você se foi tantas saudades eu senti e de tristezas vou viver e aquele adeus não pude dar. você ficou na minha vida, viveu morreu na minha história chego a ter medo do futuro da solidão que em minha porta bate...E eu gostava tanto de você", Gosto tanto de você!



Hoje, apesar do azul brilhante do céu
o dia amanheceu cinza...triste
porque você se foi
meu coração sangra de saudades e tristezas
não veremos mais seu riso, sua alegra, seu canto
não ouvirei mais suas histórias
O azul de seus olhos se misturou com as nuvens do céu
Não posso esconder a tristeza que sinto por não ter mais sua presença
Seu carinho, seu olhar
Sei que a morte não existe, que é apenas uma viagem
A separação é física, mas o sentimento é mais forte que a matéria
O laço de amor que nos une prevalecerá pela eternidade
e sei que um dia nos reencontraremos de novo.
Te amo vô!

2 comentários:

Trajano Amaral disse...

Lindas as suas palavras, eternas provavelmente...

Thaíssa disse...

Belas palavras, o poema é triste, porém muito bem escrito.Você escreve muito bem. Parabéns!!!