sábado, 20 de julho de 2013

20 de Julho, dia do Amigo :)



  


Hoje é dia oficial do amigo, então resolvi fazer uma pequena homenagem  :)
Amizade pra mim, é algo muito importante, muito valiosa, sempre foi, pois como diz o poeta: "E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! 
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências. " 
Sinto-me muito feliz por todos os amigos que conquistei, pelas pessoas que entraram na minha vida de alguma forma e marcaram minha alma para sempre. Algumas permanecem até hoje, outras já se foram de alguma forma, mas não completamente, pois você sabe que mesmo com a distância, os pensamentos, as boas lembranças  nos mantém ligados por um fio invisível de afeto.
Quero desejar feliz dia do amigo, aos que conheço desde que nasci (literalmente hahaha), aos de longa data, na época da adolescência, que quando conheci, nem imaginava que teria a ligação que tenho hoje.
Aos das épocas de escola, que me apoiaram, ajudaram muito, e que passei muitos momentos engraçados, divertidos, e que compartilharam minhas paixõezinhas platônicas hahahahaha.
As pessoas queridas que entraram em minha vida no mesmo dia, e que a partir de então se tornaram mega especiais pra mim!
Dizem que a vida é um teatro, e foi exatamente nos palcos em que conheci alguns atores que entraram na minha vida assim, de mansinho e foram tomando conta devagar, até tomarem um espaço no meu coração. Cada um  com sua particularidade, uns há um tempinho e outros mais recentemente ^^. Um com seu jeito espontâneo, alegre, outro com seu jeito divertido, brincalhão, mas de uma sensibilidade imensa! Outro com sua doçura no olhar e no sorriso, sinceridade e a forma intensa como marcou minha vida.
Aos que sabia desde o início que seriamos amigos, e que a força da nossa amizade supera a distância física.
Às pessoas queridas, as quais tenho um afeto e saudades gigantes, mas que por motivos que só a vida explica, não estão mais tão próximas como gostaria. Mas como disse, independente da distância, seja ela física ou emocional, guardo nos olhos e no coração todos os abraços, os risos, danças conversas e momentos vividos.
Aos amigos que nunca tive o privilégio de poder me ver em seus olhos, de abraçar, mas que mesmo virtualmente, são muito importantes pra mim, fizeram/fazem parte da minha história e de muitos momentos de minha vida ^-^, e não tem nada de virtual, pois o carinho, o afeto são reais.
Aos que entraram na minha vida em um momento em que não esperava, e que espero que possamos criar, contar e viver muitas histórias bonitas juntos :)
Aos que conheci de maneiras bem inusitadas, e que de repente, não mais que de repente, percebemos uma amizade sincera nascer e  tomar conta.

Enfim, gostaria de agradecer de coração por ter vocês em minha vida, os que se fazem presentes no meu dia-a-dia, os que fizeram parte do meu passado mas continuam presentes em minha emoção, os que conheço  há anos e os que entraram na minha vida a pouco tempo.
A todos que me cativaram e que cativei, e que portanto, já dizia o Pequeno Príncipe, somos responsáveis uns pelos outros.
Somos responsáveis pelos sentimentos que despertamos no outro.
Vocês, meus queridos amigos, despertam o que há de melhor em mim;
Cada brincadeira, conselhos, sorrisos, lágrimas abraços,loucuras, confidências, ou até mesmo pequenos desentendimentos que ocorrem as vezes, mas que logo depois passa, deixando a relação mais forte, são pedras sólidas que foram construindo pouco a pouco o grande castelo de amizade e amor o qual nos abrigamos, e que resiste ao tempo, a chuva, ao frio, ao sol, enfim, a qualquer adversidade, pois o que é verdadeiro, não morre nunca.
Amo vocês! :)

E pra terminar, deixo aqui o trecho do livro "O pequeno príncipe" que descreve perfeitamente o que é uma verdadeira amizade e o que sinto.

"- Tu não és daqui - disse a raposa. - Que procuras? 
- Procuro amigos - disse. - Que quer dizer cativar? 
- É uma coisa muito esquecida - disse a raposa. - Significa "criar laços"... 
- Criar laços? 
- Exatamente. Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessiddade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo... 
Mas a raposa voltou a sua idéia: 
- Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música. E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento do trigo... 
A raposa então calou-se e considerou muito tempo o príncipe: 
- Por favor, cativa-me! - disse ela. 
- Bem quisera - disse o principe - mas eu não tenho tempo. Tenho amigos a descobrir e mundos a conhecer. 
- A gente só conhece bem as coisas que cativou - disse a raposa. - Os homens não tem tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres uma amiga, cativa-me! 
- Os homens esqueceram a verdade - disse a raposa. - Mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."

Um comentário: